NÚCLEO DE INTELIGÊNIA EM SAÚDE >NIS<

“Posso ajudar”?

O >NIS< foi idealizado, há oito anos, quando percebemos a necessidade prioritária de orientar os associados que queriam realizar consulta ou outro procedimento assistencial.

O sistema “posso ajudar”? Já funcionava muito bem em diversos setores comerciais, mas era escasso ou ausente no atendimento à saúde.

A CASU/UFMG selecionou um corpo de enfermagem com formação acadêmica e prática relevante e voltada para as necessidades ambulatoriais e da saúde da família. O acolhimento proposto buscava uma atenção mais humanizada, com o foco principal dirigido ao aconchego unido à interatividade específica do cliente e seus problemas pendentes, mas até então não resolvidos.

A enfermagem do >NIS< foi preparada para comandar todos os fluxos da atenção à saúde, com competência e racionalidade. O acolhimento ocorre de forma presencial e/ou eletrônica. É preferível que o paciente esteja presente. Porém, ao telefone e em outras procuras eletrônicas não faltam aconchego e carinho, que se unem à postura profissional. Quando indispensável, recorre à ajuda da assistente social e/ou do médico. Cerca de 5% das dúvidas não são solucionadas no tempo real do contato. São estudadas e analisadas e, no máximo após 24 horas, o associado é procurado para informações precisas.

Toda vez que você necessitar de ajuda em problemas de ordem assistencial à saúde, recorra a um profissional do >NIS<. Ele fará por você muito acima do que possa imaginar.

Vinte exemplos comuns em que a ajuda/orientação é útil:

1. Você deseja realizar uma consulta, mas está em dúvida quanto à especialidade médica, o prazo de agendamento e o local de comparecimento.
2. O médico assistente solicitou um exame e/ou deu encaminhamento para outra especialidade, mas você esqueceu o que deve (e como) fazer.
3. Você utiliza medicamentos constantes para hipertensão arterial. Um amigo usa os mesmos remédios e lhe disse que, quando vai a um churrasco e toma uma cervejinha, para de tomá-los. Como proceder?
4. Você é mãe de um recém-nascido de poucos meses. Uma vizinha lhe disse que, depois dos quatro meses de idade, não mais amamentou o filho (dela) e nem o levou para as consultas de puericultura. Esse comportamento criou uma tremenda confusão na sua cabeça. Recorra também ao >NIS<.
5. Quero perder peso e acho que preciso fazer uma cirurgia de estômago. Preciso de esclarecimentos adequados, inclusive por onde devo começar a consulta.
6. Vou com minha família passar quinze dias de férias no litoral sul da Bahia. Se tiver algum problema mais urgente de saúde, como devo proceder?
7. Meu filho de 13 anos mudou muito o comportamento. Devo levá-lo para consulta com psicólogo, ou com psiquiatra ou com pediatra?
8. Gostaria de realizar uma dessas cirurgias: bariátrica, laqueadura e/ou vasectomia. Como devo proceder?
9. O médico prescreveu uma medicação e falou para eu entregar na CASU para que a compra seja providenciada. Tenho direito? Como devo proceder?
10. Preciso de um local que administre uma medicação. Onde devo ir?
11. Realizei uma consulta e o médico pediu vários exames laboratoriais. Onde posso realizar os exames? Precisa de algum preparo? Quantas horas de jejum?
12. Durante consulta médica foi prescrito uma medicação para ser aplicada a cada 7dias. Onde posso tomar essa injeção?
13. Faço uso de vários medicamentos para pressão alta e diabetes. Hoje pela manhã esqueci de tomar alguns. O que devo fazer?
14. Ontem esqueci de tomar meu anticoncepcional. O que devo fazer hoje?
15. Tenho uma pinta que me incomoda muito. Qual médico devo procurar?
16. O médico me passou vários medicamentos para tomar, não sei como organizar os horários para tomar. Preciso de ajuda.
17. Apareceu uma ferida no meu pé esquerdo há alguns dias. O que devo fazer?
18. Meu filho nasceu há 3 dias não estou conseguindo amamentar. Preciso de ajuda, onde posso ligar?
19. Descobri que tenho diabetes vou começar a usar insulina. Não sei o que fazer.
20. Não estou conseguindo agendar uma consulta. Qual o prazo da Agência Nacional de Saúde - ANS?


O >NIS< também analisa dúvidas enviadas por escrito

Se você preferir dialogar com a enfermagem do >NIS< através de mensagens eletrônicas ou cartas, suas dúvidas e/ou sugestões serão avaliadas e discutidas internamente com outros especialistas que integram o núcleo de inteligência em saúde.

Logo, você será procurado através de respostas às suas dúvidas, ou convidado para um encontro presencial. Dependendo do problema, poderá ser realizada uma visita domiciliar a ser agendada com profissional da enfermagem ou assistente social.

 

Conheça a Equipe de Enfermagem do NIS

Em pé, da esquerda para direita: Patricia Vieira, Michelle Brandão, Flávia Mairink, Sarah Cortezi, Marina Delli
Sentadas, da esquerda para direita: Camila Rocha, Priscilla Lacorte, Simone Oliveira, Rosilene Pires, Marley Nunes.

Equipe de Enfermagem do NIS

 

Outras Notícias

Núcleo de Inteligência em Saúde - NIS

O >NIS< foi idealizado, há oito anos, quando percebemos a necessidade de orientar os associados sobre consultas e procedimentos assistencial

Continue lendo »

Rede de Interação em Saúde

Atualmente, a >RIS< está estruturada com mais de 130 profissionais, que resgataram a relação profissional e paciente.

Continue lendo »

Reajuste Planos Convencionais da CASU

O Conselho Consultivo da CASU, em 22-01-2018, aprovou por maioria o reajuste das mensalidades dos Planos Convencionais.

Continue lendo »